Como curar uma Bronquite


Uma bronquite é um caso sério que pode levar a complicações mais graves como por exemplo o desenvolvimento de pneumonias ou outras doenças do trato respiratório.

Existem várias soluções e tratamentos para curar e prevenir bronquites e problemas futuros mais graves! Aprenda neste artigo mais informações sobre a bronquite e descubra o seu tratamento e prevenção.

O que é uma bronquite?

A bronquite se caracteriza pela inflamação dos brônquios. Brônquios são canais que levam o ar que você inala até os alvéolos pulmonares e que tem seu interior revestido de cílios minúsculos. Quando esses cílios deixam de eliminar o muco que existe nas vias respiratórias, a secreção que se acumula acaba deixando-os inflamados e contraídos de forma permanente, é assim que surge este problema de saúde.

Existem dois tipos de bronquite, a aguda e a crônica. É possível diferenciar essas duas formas devido à duração e ao agravamento das crises: na bronquite aguda, as crises são mais curtas, durando uma ou duas semanas; já na crônica, as crises não desaparecem, apresentando piora pela manhã e ocorrendo por três ou mais meses por pelo menos dois anos seguidos.

Causas da bronquite

As causas são diferentes para cada um dos tipos da doença. A bronquite aguda costuma ser causada por vírus na maior parte das vezes, mas em alguns casos, tem origem em uma infecção bacteriana (apenas 5% a 10% dos casos). O cigarro é considerado o maior responsável por agravar a bronquite e o contato com poluentes químicos e ambientais (tintas, ácaros, poeira, inseticida e outros) também pode iniciar as crises.

A bronquite crônica também pode surgir como uma extensão de uma situação aguda. Entretanto, a principal causa dessa forma da enfermidade é a fumaça do cigarro. Por isso, é uma doença rara entre pessoas não fumantes e ficou conhecida também como “tosse dos fumantes”. Pacientes com bronquite crônica tem mais chances de contrair outras infecções respiratórias, principalmente a pneumonia.

Sintomas e diagnóstico da bronquite

A tosse é o principal sintoma da bronquite em suas duas formas, sendo que na aguda ela pode aparecer seca ou produtiva, enquanto na crônica é apenas produtiva, com expectoração clara no começo e que, conforme a doença evolui, pode se tornar amarelada e grossa. Veja alguns sintomas gerais que pacientes com bronquite podem experimentar:

  • Tosse;
  • Falta de ar;
  • Chiado;
  • Cianose;
  • Expectoração;
  • Cansaço;
  • Febre, se a bronquite crônica vier acompanhada de uma infecção respiratória;
  • Falta de apetite;
  • Catarro;
  • Extremidades do corpo inchadas, devido à piora do trabalho cardíaco.

O diagnóstico dessa enfermidade é feito através de:

  • Avaliação dos sinais e sintomas;
  • Exame clínico;
  • Histórico do paciente;
  • Outros exames complementares, como Espirometria, Prova de Função Pulmonar, radiografia do tórax, análise do sangue e exame do escarro.

Tipos de tratamento e prevenção da bronquite

A principal medida para tratar a doença, seja qual tipo for, é deixar de fumar, se for o seu caso, ou então deixar de frequentar espaços onde exista fumo de tabaco. Se o paciente necessitar, o médico pode orientá-lo sobre meios de diminuir o desejo de fumar e medicamentos auxiliares, como reposição de nicotina por adesivos e gomas, entre outras soluções.

Outra medida muito importante é evitar o consumo de bebidas alcoólicas! Se é consumidor deste tipo de bebidas, considere em reduzir a quantidade de álcool que ingere, pois só assim conseguirá obter melhores resultados no tratamento e na prevenção da bronquite.

Enquanto a bronquite aguda persiste por até 10 ou 15 dias, não existe nenhum tratamento específico para combater as crises com origem em infecção por vírus. Mesmo sem nenhum tratamento, essa forma da doença costuma ser curada rapidamente. Algumas formas de aliviar os sintomas e prevenir novas crises são:

  • Evitar exposição aos fatores de risco;
  • Se manter bem hidratado;
  • Usar vaporizadores;
  • Usar descongestionantes;
  • Tomar analgésicos e anti-inflamatórios para diminuir a febre e a dor de garganta;
  • Tomar expectorantes
  • O uso de antibióticos só é indicado quando o paciente possui uma infecção bacteriana, e embora o seu uso em casos virais não seja recomendado, por aumentar a resistência das bactérias a antibióticos, podem ser prescritos para alguns pacientes para evitar que surjam infecções bacterianas secundárias.

A bronquite crônica exige que o paciente deixe o fumo de lado.

Para tratar sintomas e prevenir crises deve:

  • Parar de fumar;
  • Não beber bebidas alcoólicas;
  • Evitar ambientes com outros fumantes;
  • Evitar ambientes poluentes e outros tipos de fumos como é e o caso do fumo de carros e motos;
  • Uso de medicamentos como antibióticos, broncodilatadores, anti-inflamatórios e mucolíticos, após avaliação e orientação de um médico, em casos específicos;
  • Tomar vacina contra gripe e pneumonia, já que a bronquite aumenta os riscos de contrair infecções respiratórias.

Quando utilizados, os broncodilatadores ajudam a melhorar o fluxo de ar do paciente, diminuindo o chiado e aliviando a falta de ar. Eles podem ser usados através de comprimidos, xaropes, cápsulas de inalar e nebulímetros, aparelho similar às “bombinhas” usadas por pacientes com asma. Essa última opção é a forma mais prática de utilizar broncodilatadores em casa ou fora.

Recomendações para pacientes com bronquite

Se você tem bronquite aguda ou crônica, deve seguir as seguintes indicações:

  • Se esforce para parar de fumar;
  • Se não conseguir parar de fumar completamente, pelo menos fume menos e não vá a lugares onde outras pessoas estão fumando;
  • Lave as mãos frequentemente;
  • Beba muita água, ela facilita a expectoração, já que auxilia na diluição das secreções dos brônquios;
  • Evite ter contato com pessoas gripadas, resfriadas ou que apresentem outras doenças respiratórias transmissíveis;
  • Não fique por períodos prolongados em lugares com ar condicionado ou com o ar muito seco;
  • Não evite a tosse produtiva;
  • Se você está suscetível a inalar elementos irritantes, como poeira ou tinta, use máscara ou algum outro equipamento protetor.







  • Como curar a Tosse

      A tosse é bastante chata e incómoda, principalmente quando não conseguimos aliviar os sintomas nem curar essa tosse que só atrapalha! Já está…

  • Como curar a Sinusite

    Dores de cabeça, desconforto no nariz, dor na face perto do nariz, são alguns dos principais sintomas causados pela sinusite. Veja-se livre dessa sinusite!…

  • Asma – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

    Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 6,4 milhões de brasileiros sofrem…