Como curar candidíase


candidiase

Tem a área genital vermelha? Sente coceira? Não sabe o que fazer? Leia este artigo para saber tudo sobre a candidíase e saber quais os melhores tratamentos para este problema.

A candidíase pode atacar tanto homens como mulheres, principalmente nas suas áreas genitais. Com este artigo nós vamos ajudar-lhe a curar esse problema!

O que é a candidíase?

A candidíase é causada pelo fungo candida albicans que é o principal causador de diversos sintomas, tais como, cansaço, aumento de peso, flatulência e dores nas articulações.

Este fungo existe na flora intestinal, vivendo no intestino e na boca de cada um de nós. Em condições normais, o fungo é inofensivo e até é útil no intestino, ajudando a dirigir os alimentos que ingerimos. O problema é quando o fungo começa a crescer  de forma descontrolada, devido principalmente, a baixas imunitárias, causadas por diversos fatores.

Quando o fungo começa a crescer descontroladamente, ficando em excesso, ele vai tornar a parede intestinal mais fraca, permitindo a sua passagem para a corrente sanguínea, e espalhar-se por todo o corpo.

O excesso de cândida albicans, criam diversos resíduos, que vão causar danos nas células e nos órgãos. O principal resíduo causado pelo fungo, é o acetaldeído (toxina que aumenta a atividade de radicais livres no corpo). Este acetaldeído, no fígado, também pode ser convertido a àlcool. Talvez por isso, algumas pessoas que dizem estar cansadas, afirmem parecer que estão embriagadas ou de ressca, devido precisamente ao excesso de álcool que existe no organismo, através da conversão do acetaldeído a álcool, pelo fígado.

Causas da candidíase?

  • Antibióticos:

Os antibióticos são a principal causa da candidíase! Os antibióticos têm como função matar bactérias! Porém, não só destrói todas aquelas que estão a causar a doença, como também aquelas que nos fazem falta, principalmente as que vivem no intestino. A ausência dessas bactérias, vai fazer com que a defesa do organismo baixe, e permitir que diversos fungos, tais como o fungo candida albicans, cresça de forma descontrolada e cause a candidiase.

  • Dieta

O fungo candida albicans precisa de muito açucar para se multiplicar. Numa sociedade que se vive hoje em dia, em que o açúcar é uma das principais substâncias mais consumidas, é muito fácil para a candida se desenvolver no organismo e levar à candidíase. Não só o açúcar, como outras fontes de carboidratos também são vias fáceis para contribuir para um desenvolvimento maior da candida alibcans.

Se estiver com um sistema imunológico saudável, a quantidade de candida no seu organismo é controlada. Porém, o açúcar, para além de “ajudar” o fungo a se desenvolver, também enfraquece o sistema imunitário, contribuindo para o seu alastramento em todo o organismo.

Para além disso, os excessos de açúcar podem levar a outras complicações, como diabetes e obesidade.

  • Pílula

Muitos podem desconhecer, mas a famosa pílula anticoncepcional que as mulheres tomam, é uma das principais causas da candidíase. No estômago, existem milhares de microrganismos que ajudam na digestão. Estes microrganismos, sobrevivem às custas de um equilíbrio químico existente no meio, que pode ser alterado através da pílula. Para além disso, a pílula liberta quantidades consideráveis de estrogênio, que promove o crescimento do fungo candida.

  • Stress

O stress não é o que causa a candidíase… A candidíase aparece, devido ao estado em que se encontra o seu organismo, depois de ter estado sob pressão e stress. Quando entra em stress, o organismo liberta cortisona (hormona que enfraquece o sistema imunitário e aumenta os níveis de açúcar no sangue). O sistema imunológico enfraquecido, não consegue combater o desenvolvimento da candida, e o fungo ainda aproveita para se desenvolver alimentando-se do açúcar disponível no sangue.

Quais os sintomas da candidíase?

O principal sintoma da candidíase é a coceira nas áreas genitais. Para além da coceira, a candidíase também provoca outros sintomas, tais como:

  • Pele irritada, fadiga, azia, cólicas, secreções no órgão sexual, pele vermelha e por vezes em “carne viva” na área genital.

Como curar a candidíase?

Existem várias formas de tratar a candidíase, como através de medicamentos, cremes ou até mesmo com remédio naturais.

Para as mulheres, o tratamento para a candidíase é feito através da aplicação de um creme antimicótico, que contenha nos seus ingredientes, pordutos anti-fungicos, tais como: clotrimazol, butoconazol, miconazol, tioconazol e terconazol. Também podem ser administrador anti-fungicos por via oral: cetoconazol ou fluconazol, com uma única toma!

Para os homens, o tratamento é feito com a aplicação de um creme, também antifungico, no pénis.

Existem também remédios caseiros para curar a candidíase, sem sair de casa:

Iogurte natural para curar a candidíase

No caso da mulher, a introdução de iogurte natural na vagina, pode parecer estranho, mas é uma excelente forma de controlar o crescimento da candidíase.

Para tal, só precisa de:

  • Uma embalagem de iogurte natural (SEM AÇÚCAR);
  • Uma seringa (sem agulha) para aplicação vaginal.

Coloque o iogurte natural na seringa, e introduza na vagina, 2 vezes por dia, durante 3 dias. De seguida pode colocar um penso higiénico, para evitar se sentir molhada com o iogurte, durante o dia.

Este remédio também pode ser utilizado por homens, porém, pode ser um pouco desconfortável, sentir a área genital molhada de iogurte natural, durante todo o dia.

Chá para curar a candidíase

Um ótimo chá para curar a candidíase, é o chá de uva-ursina. Este chá diminui a reprodução do fungo causador da candidíase, a Candida Albicans.

Prepare o chá utilizando:

  • Uma xícara de água quente;
  • 2 colheres de chá com folhas de uva-ursina.

 

Antes de iniciar qualquer tratamento com medicamentos, deverá falar e aconselhar-se com o seu médico, para que ele lhe possa indicar qual a melhor forma de curar a candidíase.




  • Como Tratar Corrimento

    Toda mulher possui, eventualmente, secreções vaginais chamadas de corrimentos. É muito importante identificar a cor, o cheiro e a frequência desses fluidos, para saber…