Como curar Contraturas Musculares – o que é, causas, sintomas e tratamento


Já alguma vez sentiu que as suas costas estavam tão duras que pareciam uma pedra? Se sim, então muito possivelmente já sofreu de uma contratura muscular!

As contraturas são muito comuns e atingem pessoas de todas as idades e são cada vez mais frequentes, devido ao estilo de vida sedentário que a maior parte das pessoas tem. Neste artigo falamos sobre contraturas, suas causas, sintomas e tratamentos.

O que é uma contratura muscular?

Uma contratura muscular é uma rigidez anormal das fibras do músculo e acontece essencialmente por contrações musculares repetidas e exageradas, sem períodos de repouso suficientes. Isso vai criar um nódulo que é sensível ao toque, bastante doloroso e que reduz a flexibilidade muscular.

Pode aparecer subitamente ou de forma mais gradual. Apesar de poder atingir qualquer músculo do corpo humano, é mais frequente na região da coluna.

Causas da contratura muscular

Não se conhece com certezas absolutas a razão de as contraturas musculares surgirem, mas acredita-se que alguns fatores contribuem para o seu aparecimento. Ter uma má postura durante o dia de trabalho, stress e ansiedade, realização deficiente de exercícios físicos, falta de flexibilidade e fadiga são fatores que contribuem para o desenvolvimento de contraturas musculares.

Sintomas da contratura muscular 

O sintoma mais evidente da contratura muscular é dor e desconforto localizado, sobretudo no pescoço e zona cervical. A zona dolorida fica basstante sensível ao toque e está mais rígida que o resto do corpo, sendo possível encontrar algo semelhante a um caroço na zona afetada.

A pessoa que sofre de contratura tem muita dificuldade em esticar o músculo afetado, bem como em movimentar a articulação mais próxima da região afetada.

Tratamentos para as contraturas musculares

São várias as formas que tem de aliviar as dores das contraturas musculares.

1. Banhos de água quente

A água quente ajuda a aliviar a tensão acumulada. Aplique água bem quente na zona afetada e utilize sais com magnésio, pois também ajudam a diminuir a dor.

2. Ingira alimentos ricos em cálcio, potássio e magnésio

O cálcio é essencial para que fortaleça os seus ossos e músculos. O potássio também ajuda a ter músculos mais fortes e o magnésio confere energia. Incluir estes minerais na alimentação diária é muito importante para diminuir a dor e sobretudo para evitar que as contraturas musculares surjam.

Assim, aconselha-se a inclusão dos seguintes alimentos na sua alimentação: abacate, amendoins, abóbora, batata doce, beterraba, camomila, cenoura, couve de bruxelas, espinafres, feijões, leite, nozes, salmão e tâmaras.

3. Infusões de alecrim

Uma infusão de alecrim é muito eficaz no combate às dores musculares. Ferva uns ramos de alecrim e coe para extrair a sua principal essência. Misture a água com argila até obter uma pasta homogénea e consistente e aplique na zona dolorida durante 20 minutos. O resultado é imediado!

4. Massagens

A massagem na zona afetada ajuda a aliviar a dor. A massagem deve ser feita com movimentos fortes e em círculos e deve utilizar-se um óleo relaxante. Pode usar um óleo de lavanda, pois as suas propriedades ajudam a desinflamar a zona afetada.

5. Alongamentos

Os alongamentos são muito importantes, sobretudo antes de um treino intensivo. Por vezes é a falta de alongamento que provoca a contratura muscular, pois o músculo acaba por ser sujeito a um grande esforço sem estar preparado.

Contudo, os alongamentos também são importantes para aliviar a dor muscular, após um dia stressante. Fazer alongamentos antes de deitar e praticar regularmente pilates e yoga é essencial para aliviar as dores e para evitar as contraturas.

6. Remédios e Medicamentos

Quando a dor for realmente intensa e incomodativa, aconselha-se que tome analgésicos, anti-inflamatórios e um relaxante muscular. Contudo, este tratamento só deve ser feito em situações de SOS, pois a toma contínua deste tipo de medicamentos pode trazer complicações gástricas.

7. Fisioterapia

Quando a dor não alivia de forma nenhuma, é aconselhável que faça algumas sessões de fisioterapia. O fisioterapeuta é o profissional indicado para “desfazer os nós” que existem na sua coluna. As massagens são dolorosas devido à rigidez do músculo, mas passado pouco tempo vai sentir-se muito mais relaxado e sem dor!

Como evitar as contraturas musculares

Vivemos num mundo tão sedentário que é quase impossível evitar completamente as contraturas. Pelo menos em alguma fase das nossas vidas, certamente que iremos sofrer com este problema. No entanto, existem algumas dicas que fazem a diferença e que ajudam a evitar o surgimento recorrente das contraturas. Aconselha.se dormir com um travesseiro fininho e se possível sem travesseiro mesmo, pois o pescoço alto durante a noite ajuda a desenvolver contraturas nessa zona.

Andar sempre com as costas direitas também ajuda a evitar contraturas. Se trabalha todo o dia sentado, deve fazer pausas a cada hora e meia. Saia do computador e caminhe um pouco. Não deve carregar pesos muito elevados com frequência, nem praticar atividades físicas de grande intensidade sem um profissional por perto. E é essencial que consiga relaxar, pois o stress é um grande inimigo das dores musculares!

As contraturas são um problema muito comum e muito incomodativo. Siga os nossos conselhos e se não melhorar, aconselhamos que consulte um médico, pois ele saberá o tratamento mais indicado para o seu caso!