Como curar Pano Branco – Causas, Sintomas, Tratamento e Prevenção


O pano branco é uma doença de pele que se manifesta principalmente nos dias mais quentes. Pode ser mais frequente sofrer de pano branco do que aquilo que pensa, sendo que alguns medicamentos também pode estar na origem do aparecimento desta doença.

Neste artigo, irá obter mais informações sobre esta doença, assim como saber identificar os seus sintomas, as causas, medicamentos para tratar o pano branco, remédios caseiros e formas de prevenção.

O que é a doença do pano branco?

O pano branco também pode ser conhecido unicamente como ‘micose de praia’. Possivelmente você tenha ficado mais familiarizado com a condição agora, não é mesmo?

Essa espécie de infecção é causada por um fungo que, naturalmente, vive em nosso organismo. Porém, quando sua reprodução é muito expressiva, nossa defesa imunológica não dá conta e ele pode causar doenças – como é o caso do pano branco. Mais a diante conheceremos suas principais causas.

Quais são os sintomas?

Os sintomas de pano branco são bem característicos, motivo pelo qual reconhecer a doença costuma ser uma tarefa fácil. São eles:

  • Manchas brancas ou amareladas em uma parte específica do corpo (tendo elas, em sua maioria, formato arredondado);
  • Coceira no local da mancha;
  • Descamação desta mesma região da pele (principalmente quando ela é coçada).

Em alguns casos, o indivíduo também pode sentir formigamento na região das manchas. O pano branco costuma surgir nos locais do corpo com maior oleosidade, como é o caso do couro cabeludo, rosto, costas, tronco, braços e pescoço.

Causas de pano branco

As principais causas de pano branco são as seguintes:

  • Oleosidade excessiva da pele;
  • Sistema imunológico do organismo comprometido;
  • Muito calor ou umidade;
  • Fatores genéticos também podem contribuir para o desenvolvimento de pano branco.

O pano branco é uma doença causada pelo fungo de nome ‘malassezia furfur’, que como já vimos anteriormente, convive tranquilamente em nosso organismo – até que comece a se reproduzir muito rapidamente.

Esses fungos se alimentam em nosso organismo de queratina, sendo ela encontrada nos cabelos, unhas e pele. Quando a condição é favorável demais – ou seja, no calor, na umidade ou na própria queda da imunidade do indivíduo, os fungos se proliferam (literalmente), o que pode acabar causando esse tipo de doença.

Além disso, quando o indivíduo faz o consumo excessivo ou por longos períodos de medicamentos corticoide ou de antibiótico sistêmicos, o organismo também fica mais favorável ao desenvolvimento da condição.

Tratamento para curar pano branco

O tratamento de pano branco é simples e feito base de medicamentos antifúngicos, que devem ser utilizados unicamente com a indicação do médico. Este tratamento geralmente é realizado da seguinte maneira:

  • Manuseio de medicamentos fluconazol e cetoconazol;
  • Uso de pomadas específicas para tratamento de fungos na região onde as manchas apareceram;
  • Uso de sabonetes ou de shampoos antifúngicos – principalmente quando o pano branco se manifesta no couro cabeludo.

O tratamento pode ser realizado por meio de medicação sistêmica ou tópica e leva, geralmente, entre 7 a 21 dias para que o indivíduo esteja completamente curado.

Tratamento caseiro para pano branco

Além do tratamento normal descrito anteriormente, o indivíduo também pode optar por soluções caseiras para tratamento de pano branco. A seguir, confira quais são as alternativas caseiras para curar o pano branco:

#1 – Folhas de pé de feijão

Junte folhas de pé de feijão e bata no liquidificador. Passe a mistura no local das manchas e espere algo como 20 minutos. Repita esse procedimento cinco vezes, com intervalo de um dia entre uma aplicação e outra.

#2 – Pepino com álcool

Corte um pepino e, em seguida, coloque-o dentro de uma bacia com álcool. Deixe lá por 2 ou 3 dias e, passado esse tempo, aplique o álcool no local das manchas;

#3 – Pasta de enxofre

Faça uma mistura de 25g de enxofre, uma colher de sopa de azeite de oliva, 2 pedaços de sebo de Holanda e um de cânfora. Misture bem até a formação de uma pasta homogênea e depois passe sob o local das manchas;

#4 – ‘Melhoral’ com leite de colônia

Dissolva 4 comprimidos do medicamento ‘Melhoral’ em metade de um vidro de leite de colônia. Passe na pele todos os dias antes de dormir até que a mancha suma.

Como prevenir

Algumas recomendações que podem prevenir o surgimento da condição são as seguintes:

  • Evite as roupas sintéticas e muito apertadas
    Esse tipo de tecido, quando esquenta, acaba não absorvendo o suor corporal – fazendo com que o corpo fique úmido, quente e extremamente favorável à proliferação dos fungos.
  • Atente-se na hora de se enxugar.
    Pode parecer bobagem, mas os fungos precisam de apenas três coisas para se proliferarem: umidade, calor e pele. Se essas coisas estiverem juntas, melhor ainda. A atenção deve ser redobrada em ‘dobrinhas’, como é o caso dos meios dos pés e virilha, por exemplo.
  • Procure controlar o suor
    O suor excessivo é a principal razão pela qual os fungos se proliferam. Sendo assim, para evitá-los, use antitranspirantes, prefira roupas de algodão (capazes de absorver o suor) e tome mais do que um banho em dias que julgar necessário.
  •  Não fique com roupas molhadas
    Principalmente depois de sair da praia ou piscina. Isso porque as roupas molhadas mantêm a nossa pele úmida e aquecida, o que como já sabemos, é um prato cheio para a proliferação dos fungos.